João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


" AÇÃO E REAÇÃO"

AÇÃO E REAÇÃO
 
Eu porém digo-vos: não resistais ao mau; mas se alguém vos ferir na face direita, oferecei também a esquerda.” Mateus, 5;38.


 
Pois é assim que funciona este mundo:
Ação e reação –, eterno processo a fluir.
Se há uma força que nos leva ao fundo,
Existe outra que nos convida a emergir.
                       
Mas se ao fogo respondemos com fogo
O que fazemos é só atiçar uma fogueira.
Não haverá meio de virarmos esse jogo,
Se nesse lume ficarmos pondo madeira.
 
Este enunciando contém grande ciência:
Quando uma força não provoca reação,
Ela se anula na sua própria impotência.
  
Não reação é o que este preceito nos diz.
E que o instinto sempre dê lugar á razão.
Com essa arma Ghandi libertou seu país. 

           
Certa vez um grande mestre, ao sentir a proximidade da morte, chamou seu discípulo mais querido e disse:
– Vou dar-lhe a minha última lição. Olhe dentro da minha boca e diga o que está vendo.
– Vejo dentes apodrecidos, doentes, e uma língua vermelha, ainda bastante ativa– respondeu o discípulo.
– Sabes por que a língua resiste mais que os dentes? Porque estes são duros, inflexíveis, querem triturar tudo que a boca lhes apresenta. Eles trabalham com a força, enquanto a língua é flexível e trabalha com a paciência. Ela procura amolecer os alimentos antes de serem assimilados pelo organismo.
                                                   ***
Jesus nos ensinou a ser flexíveis, e não a sermos molengas ou covardes. O que ele quis nos dizer é que o homem sábio controla seus impulsos reativos em face de uma reação violenta, ou quando, de alguma forma, é ofendido. Ele sabe, por exemplo, que não existe ação sem um estímulo que a provoque. Se fomos agredidos, ou ofendidos, de alguma forma nós provocamos essa reação no ofensor. Por isso ele aconselha a sermos flexíveis em nossas reações. Envergar, como um ramo verde no campo, para resistir á força do vento. Os ramos mais duros quebram, os mais flexíveis sobrevivem. Não responder á violência, não é covardia. No mais das vezes, é a própria sabedoria.
Paz para todos.

 

 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 09/09/2013
Alterado em 09/09/2013
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras