João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos



A MORTE É UMA VAGABUNDA QUE PRECISA DA  VIDA PARA SOBREVIVER.
SÓ QUEM TEM CONSCIÊNCIA DE SI MESMO SABE QUE ESTÁ VIVO.                                          
MEDIMOS NOSSA EXISTÊNCIA POR UNIDADES DE TEMPO, COMO SE O TEMPO FOSSE UMA REALIDADE E NÃO UM CONCEITO QUE DEPENDE DE UMA MEMÓRIA PARA EXISTIR.                                               
MAS SE A MEMÓRIA DESAPARECESSE DESAPARECERIA TAMBÉM O CONCEITO DE TEMPO.
ENTÃO NÃO PRECISARÍAMOS MAIS TEMER A MORTE PORQUE NÃO TERÍAMOS MAIS LEMBRANÇAS DO PASSADO, NEM CONSCIÊNCIA DO PRESENTE, OU EXPECTATIVAS DE FUTURO.
SERÍAMOS ENTÃO IMORTAIS, PORQUE VIVERÍAMOS NUM ETERNO PRESENTE.
OS ANIMAIS NÃO SOFREM POR SUAS DORES PASSADAS NEM SE PREOCUPAM COM O QUE PODERÁ LHES ACONTECER NO FUTURO.
NÃO SABEM QUE ENVELHECEM NEM QUE CAMINHAM PARA A MORTE INEVITÁVEL.
POR ISSO AGEM COM NATURALIDADE.                     
IMPERECÍVEL É QUALIDADE DE QUEM DÁ VIDA A SI MESMO.
E SABE QUE SURGIR E DESAPARECER DA VIDA SÃO APENAS FENÔMENOS NATURAIS.
QUEM É SÁBIO NÃO SE DESESPERA,
NÃO CORRE PARA ULTRAPASSAR NINGUÉM,
E MESMO ASSIM ESTÁ NA DIANTEIRA DE TUDO E DE TODOS
PORQUE ELE SABE ONDE QUER IR.                                
O VERDADEIRO HERÓI SEMPRE SURGE QUANDO DELE SE PRECISA.
E NUNCA É ENCONTRADO QUANDO SE TRATA DE RECEBER AS HOMENAGENS.
SUA OBRA, PARA ELE MESMO, É SEM IMPORTÂNCIA, EMBORA PARA OS OUTROS SEJA CAPITAL.
ELE VEM, FAZ O QUE PRECISA FAZER E DEIXA A CENA SEM ESPERAR AS HOMENAGENS.
E POR SER SEMPRE ÚTIL, JAMAIS É ESQUECIDO.
E POR SER DESAPEGADO, A NINGUÉM ELE INCOMODA.
E POR NÃO BUSCAR UMA PERFEIÇÃO QUE INEXISTE, ELE É SEMPRE PERFEITO EM TUDO QUE FAZ.
ELE SIMPLESMENTE É SEM NECESSIDADE DE SER.       
 
 
 
 
 
 

 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 09/05/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras