João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


CAPITULO XI
 
Continuação do Discurso de Moisés
 
1.“Eis que agora Israel é uma grande nação e são tantas as gentes que nela habitam”, disse ainda Moisés aos Irmãos que se ajuntavam em volta Dele no Monte Nebo.
2.“Não haverá para tantas almas, regras que as mantenham juntas numa grande Fraternidade dividindo os mesmos preceitos, leis e costumes.“
3.” Logo ocorrerão cisões entre vós pois tendes o espírito altaneiro e o vosso pensamento é livre.”
4. “O Grande Arquiteto do Universo não castigará o vosso livre pensar:¹ Antes seja ele o vosso incentivo para mais aprenderdes e crescerdes, vós todos como povo e cada um de vós como indivíduo.”
5 “Mas de hoje em diante, não sereis mais congregados em uma única Loja, pois com tantas gentes e tantos pensamentos será impossível guardardes todos os preceitos, leis, ritos, ordenações e cerimônias que eu vos ensinei por ordem do Grande Arquiteto do Universo;¹ Razão pela qual, de ora em diante, somente aos levitas dar-se-á o privilégio do exercício litúrgico.² E eles serão para vós uma Confraria especial dentro da Irmandade de Israel.”
 
A lei escrita e a sabedoria secreta
 
6. “Do povo em geral será exigido apenas o cumprimento das leis escritas e orais que forem sendo agregadas pela tradição que se revelar boa para a felicidade da nação;¹ Mas os levitas guardarão a sabedoria que não se pode ensinar ao povo em geral;² E eles a transmitirão,  na forma de símbolos, lendas, alegorias e outras formas não escritas, somente a outros Irmãos da mesma congregação; ³ Estes as aprenderão através de um sistema de ensino que deverá contemplar três graus: iniciação, elevação e consagração.4 Na iniciação eles serão aprendizes, passando depois a companheiros e tornando-se finalmente mestres. 5 E estes, depois, á medida que forem avançando em sua sabedoria, terão os devidos acréscimos em seus mestrados.”
 
A Palavra Sagrada
 
 7. “A nenhum deles, porém, será dada a Palavra Sagrada, pois esta, somente um Mestre, em cada geração, se houver merecimento, a receberá.¹ Eis que a tenho transmitida a Josué, que daqui para a frente será o vosso Venerável Mestre. ² E ele a usará nos momentos em que Fraternidade dos Filhos de Israel enfrentar perigos que por si mesma não consiga vencer.”
8. E foi com o som dessa Palavra, tocada pelas trombetas dos soldados de Israel, que Josué fez ruir as muralhas de Jericó e também imobilizou no céu o Sol para que os israelitas não tivessem que combater na escuridão.
9. Porque Josué herdou os segredos que Moisés aprendera do Grande Arquiteto do Universo e foi com esse poder que ele levou a cabo a conquista da Terra Prometida.
 
Palavras, toques e sinais
 
10. E disse mais Moisés aos Veneráveis das Lojas de Israel, reunidos em volta dele no Monte Nebo.
11. “O segredo será a vossa marca e entre vós, os iniciados, vos identificareis por palavras, gestos e símbolos.”
12. “Essas palavras, símbolos e sinais, não os dareis, nem os fareis para os não iniciados, nem para estrangeiros, mas as usareis somente entre vós.”
13. “No Egito, os sacerdotes que detém a sabedoria sagrada, usam determinados símbolos para se comunicarem entre si. ¹ Vós fareis como eles. ² Onde quer que estiverdes, por esses símbolos e sinais vos reconhecereis como iniciados nos sagrados Mistérios do Grande Arquiteto do Universo.”
 
O alfabeto Sagrado

14.” Quando escreverdes uns aos outros usareis um alfabeto secreto que eu vou vos ensinar. ¹ Esse alfabeto foi desenvolvido no céu, para comunicação entre os Mestres arquitetos que o Grande Arquiteto do Universo encarregou de ensinar aos homens.”
15. “Por que esses Mestres são os anjos de Deus, e eles é que executam os planos do Criador, ensinando aos homens, que são os pedreiros do universo, como o mundo deve ser construído.”
16. “E esta é uma sabedoria que tereis de manter somente entre vós. ¹ Pois o nosso sistema de escrita é sagrado.²  Ela é composta por números e letras, cujas combinações conferem ás palavras um sentido e um valor secreto às coisas que elas representam. “
17 “Certas combinações produzem palavras de poder e não podem ser comunicadas aos homens.”
18.” Uma delas é o Nome do Grande Arquiteto do Universo. ¹ Por isso não o pronunciareis nem o escrevereis.”
19.” Aprendei isso: Ele fez  o mundo com as combinações  das  letras א כ ג e os mundos que hão vir depois deste Ele os fará combinando-as com a letra י, pois que nessa letra está a força de sua Mão.”[1]
 
A raça superior
 
20.” Para que saibais a verdade, digo-vos que nosso pai Adão não era um homem mas sim uma grande congregação de  seres  muito inteligentes, quase iguais aos anjos do céu.¹ Eles formavam  uma Loja, cujos Irmãos possuíam a verdadeira Luz.”
21.” E eles detinham a sabedoria de combinar letras e números para fazer surgir as realidades do mundo  físico.”
22.” Esses seres eram chamados demiurgos, porque sua missão era edificar o mundo como se fossem pedreiros do Grande Arquiteto do Universo, pois que Ele pensava o mundo e os seus anjos  pedreiros o construíam.”
23. “Eles detinham o conhecimento do bem e do mal e sua doutrina lhes foi ensinada pelo Próprio Grande Arquiteto do Universo.”
 24. “ Eles faziam a intermediação entre o céu e a terra e sabiam toda a ו ״ ח   que explica a verdadeira natureza da Suprema Alma, e como são feitos os mundos, a criação dos anjos e dos homens, como são traçados os seus destinos e quais são os verdadeiros desígnios do Grande Arquiteto do Universo. 1 Mas eles decaíram dessa condição, em razão de terem se rebelado contra o Criador.”
25. E a causa dessa queda não foi o pecado de Adão, que comeu do fruto proibido, que a mulher, que lhe havia sido dado por companheira, roubou da Árvore do conhecimento do bem e do mal. ¹ Porque foi a arrogância da raça de Adão, que quiseram, à força, assumir a condição de anjos, conquistando, sem mérito a sabedoria sagrada.  ² Pois o Grande Arquiteto do Universo os havia criado um pouco menor que aqueles seres e lhes tinha dado a possibilidade de subir de grau pelo mérito do estudo e do trabalho.³ Mas estes se rebelaram e tentaram obtê-los pela violência.
26. E esta foi a primeira inspiração da lenda dos Jubelos (porque existem outras), pois que esses rebeldes companheiros quiseram obter pela força o grau que se só pode obter pelo mérito.
27. E então foi que o Grande Arquiteto do Universo os excluiu da Fraternidade da Luz, fazendo deles homens comuns, mortais e fracos como são hoje os filhos do Homem.
 
A lenda de Adão
 
 28. E o líder desses rebeldes se chamava Adão Cadmon, por isso Moisés se inspirou nesses acontecimentos para compor a Lenda de Adão. ¹ Essa lenda, que dá inicio ao Livro Sagrado das gerações, explica como nasceram nossos antepassados e como eles ocuparam a terra.
29. E essa doutrina foi a que Moisés desenvolveu nos Livros Sagrados que ele escreveu para explicar aos Irmãos como o mundo foi criado.
30. Mas o Grande Arquiteto do Universo não lhe permitiu que ele a escrevesse na mesma forma em que a recebeu, por isso que ele as desenvolveu em forma de lendas e parábolas.
31.  As quais Moisés ensinou aos setenta senadores que compunham o Grande Conselho; ¹ E estes a ensinaram aos Mestres que os sucederam..
32.  Essa sabedoria atravessou os tempos e é hoje mantida pelos Irmãos que possuem estudos mais avançados na Arte Real. ¹ Por  isso é que se diz que ela é uma arte perfeita, praticada por homens imperfeitos, pois desde que a raça de Adão perdeu a condição de similar aos anjos, que no começo possuia, a imperfeição da raça humana  foi transmitida a todos os seus descendentes.
33. E essa sabedoria, mais aquela que está escrita nos capítulos deste livro, não será encontrada nos livros que Moisés escreveu, porque foi passada oralmente aos Mestres que ele ensinou e depois a transmitiram aos outros Mestres que os sucederam.    
 
 
 
 
 
[1] As letras  Aleph, Beth e Gimel, respectivamente, correspondentes aos números 1,2,3. A letra Iod, correspondente ao número 10, que significa literalmente mão. O 10 é o número perfeito.
[2] Literalmente, essa palavra significa Graça, ou Doutrina Secreta.

DO LIVRO- O TESTAMENTO DO MAÇOM- NO PRELO
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 25/08/2014
Alterado em 25/08/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras