João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


A ETERNA FUGACIDADE DO AMOR
 
Não estranhe se eu não dou valor,
A dor que a tua ausência me trás;
É porque todo sofrimento nos faz,
Odiar a quem nos causou essa dor.
 
Não a culpo por me haver deixado,
Por conta de viver novas emoções.
Indigno é quem renega as paixões,
E despreza o que um dia foi amado.
 
O que estou te dizendo é verdade:
Sentirei menos a dor de te perder,
Do que se ficares só por fidelidade.
 
Depois, a dor de haver te perdido,
Jamais será maior do que o prazer,
Que um dia senti por havê-la tido.

 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 11/01/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras