João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


Aquele padre tinha fama de muito sábio e muita gente costumava ir á sua paróquia em busca de conselhos. Um dia ele recebeu a visita de um jovem muito rico, que acabara de herdar uma grande fortuna. Mas por ter sido criado numa família muito religiosa, ele tinha algumas ideias restritivas com respeito á riqueza, inspiradas por ensinamentos evangélicos, que interpretavam a posse de muitos bens como um perigo para alma. 
“ Padre”, perguntou ele. Como devemos interpretar a parábola de Jesus. a respeito de ser mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar nos reino dos céus?”
O padre se levantou e pediu que o jovem o acompanhasse até a janela da sacristia. A janela estava fechada, mas através dos vidros se podia ver, ao fundo, uma favela, onde centenas de homens, mulheres e crianças, maltrapilhas, magras, de rostos macilentos e aparência doentia, subiam e desciam as ruas estreitas e lamacentas.
- O que você através desses vidros?- perguntou o padre.
− Vejo uma favela, com a gente que nela vive. Pobres, miseráveis, famintos, mal vestidos –, respondeu o rapaz.
Então, o padre o pegou pela mão e o conduziu para a frente de um espelho.
− E agora, o que vê?− perguntou o padre.
−Vejo uma pessoa bonita, bem vestida, bem nutrida, saudável− respondeu o rapaz.
− Você agora está vendo a si mesmo e não está vendo os outros− disse o padre. Na janela, você via os outros.
 − Repare− continuou ele− que tanto o vidro da janela, quanto o cristal do espelho são feitos da mesma matéria, ou seja, a sílica. Mas no vidro do espelho há uma camada de prata, que não deixa que os olhos vejam o que há além dele; isso porque essa camada de prata retém a luz que bate sobre ela e reflete os objetos que nela se conformam. Já o vidro da janela a luz atravessa e assim nós podemos acompanhá-la.
Dessa forma pode ser entendida a questão da riqueza: você pode ser o vidro da janela e ver o mundo em que vive e fazer algo para melhorá-lo. Mas se deixar a prata aprisionar sua luz você só vai ver a si mesmo.
 Não deixe a prata aprisionar a sua luz- disse o padre. Porque no céu nós só entraremos em forma de luz.
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 11/02/2018
Alterado em 11/02/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras