João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


Poetar como o Leminsky
ou dissertar como Saramago
só com a cuca cheia de uísque
e sem medo de fazer estrago.
Agriculturo muitas palavras
que nunca vão para o mercado
pobres frutos da minha lavra
que já nascem estragados.
Não é minha a língua que falo,
herdei-a de um desconhecido.
Quanto mais a mim tento ser claro
acabo eu mesmo confundido.
Relâmpagos espirituais
nuvens dentro de mim a se chocar.
Estrondos que falam muito mais
Do que a mente pode articular.
O que pode representar
uma mente inconformada
que não se deixa organizar,
Senão dizer tudo e não dizer nada?
 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 06/02/2019
Alterado em 07/02/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras