João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


Não coloques peso demais na tua cruz.
Mundo é matéria e nada dele tu levas.
E ele, como todo o resto, é feito de luz,
̶  Aquela luz que Deus tirou das trevas.
 
Nossa alma é centelha de luz radiante,
Que um dia, saiu dum centro emissor.
E a ele deve voltar íntegra e triunfante,
Depois de cumprir sua missão de Amor.
 
Tudo nasceu de uma palavra: Eu Sou!
̶  O Big-Bang do universo foi esse grito,
Que Deus deu quando o universo criou
Gerando o tempo com o espaço infinito.
 
Desde então nesse meio nós viajamos
Vivendo vidas enquanto o tempo passa;
Quanto mais ao mundo nos apegamos,
Mais aumenta o peso da nossa massa.
 
Como um corpo que pesa mais que o ar,
Sem uma força maior nunca se elevará,
Uma alma que só se ocupa em acumular,
Do seu Karma também jamais se livrará.
 
Se os bens que ganhastes não são teus,
Qual a razão para esse pega e não larga?
Pois tua alma jamais voltará para Deus,
Enquanto estiver suportando essa carga.
 
Se o pecado tem a morte como salário
A vida eterna será o prêmio da virtude;
Viveremos quantas vezes for necessário
Para atingirmos a necessária Plenitude.
 
Como luz um dia saímos dos dedos dele,
Centelhas brilhantes de energia radiante;
E só como luz, um dia, voltaremos á Ele.
Para que tudo possa começar novamente.
 

 
 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 08/06/2019
Alterado em 08/06/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras