João Anatalino

A Procura da Melhor Resposta

Textos


Se o nome de alguém tornou-se um nume,
Do qual fazemos nosso principal memento;
E se nele ancoramos, inteiro, o pensamento,
É a loucura da paixão que chegou ao cume.
 
Pois como fogo sagrado alimentando a pira,
Que depois de aceso não poderá ser apagado,
Tudo o que vem dele, seja o certo ou errado,
Nunca se contará como verdade ou mentira.
 
É como se fosse a nossa verdadeira religião,
Na qual uma divindade só quer ser adorada,
Sem que se tenha qualquer dúvida ou razão.
 
A tal sentimento não se pode dar um nome:
É a fogueira onde a consciência é queimada,
E no lugar fica apena a chama que consome.

 
 
 
 
João Anatalino
Enviado por João Anatalino em 04/01/2020
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras